• gaw 2015 banner pt

social fsocial Psocial tsocial yt

read our blog en 2

blog button

Região da Europa e América do Norte da CGE: ronda de notícias, maio 2017

Globale Bildungskampagne GCE GermanyALEMANHA: Concentrando-se na Educação em Situações de Emergência

À luz da crise dos migrantes e dos refugiados, a CGE da Alemanha ( Globale Bildungskampagne ) têm-se centrado na educação em situações de emergência, ao longo dos últimos dois anos. Mais de um milhão de migrantes e refugiados atravessaram as fronteiras para a Europa em 2015, principalmente vindos da Síria, Afeganistão e Iraque, e a Alemanha recebeu o maior número de novos pedidos de asilo no continente. Embora o número de crianças sem acesso adequado à educação esteja em declínio em todo o mundo, o número continua a subir em situações de crise: em 35 países afectados por conflitos, cerca de 75 milhões de crianças entre os 3 e os 18 anos de idade não têm oportunidades ou têm oportunidades educacionais inadequadas. A coligação alemã está a trabalhar arduamente para garantir que o direito à educação está protegido para todos os refugiados, migrantes, pessoas deslocadas internamente e para aqueles que ainda vivem em áreas afetadas por crises. Para pessoas que tantas vezes perderam tanto, o acesso contínuo à educação é uma parte crítica da sua recuperação e capacidade de construir um futuro melhor.

A 30 de março a CGE da Alemanha lançou um relatório de análise da contribuição do país para a educação em situações de emergência e crises prolongadas, e apresentou-a a Claudia Roth, Vice-Presidente do Bundestag. A coligação acolheu o evento, que contou com representantes do governo de todos os partidos, da sociedade civil e estudantes.

ALBÂNIA: Ativistas pela Educação instaram o governo a fazer mais pelas crianças da Albânia

Sendo membro da CGE a Albanian Coalition for Child Education (Coligação Albanesa para a Educação Infantil - ACCE), e os seus parceiros, publicaram um relatório sobre segurança infantil online na Albânia. O relatório mostra que muitas crianças que reportam abusos e exploração online são deixadas desprotegidas pela lei. A ACCE apela ao governo para alterar o Código Penal, sem demora.

Para mais detalhes, visite o website da ACCE (em Inglês).

Por ocasião do Dia Nacional do Professor, a 7 de março, a coligação apresentou mais pedidos ao governo. Apesar de reconhecer que a educação é essencial para o desenvolvimento económico sustentável na Albânia, o governo investe muito pouco na educação. Apenas 3,39% do PIB vai para educação, o que é bem abaixo dos recomendados 6% de referência. Sem mais e melhor financiamento, a Albânia simplesmente não será capaz de cumprir o compromisso de oferecer educação de qualidade para todos, até 2030.

Para mais informações, em inglês, clique aqui

Adeng 2 squareDINAMARCA: A leitura com rapidez!

Todos os anos, para marcar a Semana de Ação Global pela Educação, a Coligação dinamarquesa da CGE executa uma campanha para promover a educação de qualidade tanto a nível nacional, como global, dando material didático a escolas por toda a Dinamarca. Os estudantes participam em ações de promoção, fazendo campanha e captação de recursos e, juntos, lembram aos políticos as suas promessas para alcançar uma educação de qualidade para todos em todo o mundo.

Este ano, a Danish NGO Network em conjunto coma Oxfam IBIS estáa distribuir um folheto chamado 'The Reading Rocket!' ('A Leitura com rapidez!'), que conta histórias reais de crianças que vivem no Sudão do Sul - o mais novo país do mundo. Quase três quartos das crianças em idade escolar primária do Sudão do Sul não estão a receber uma educação, por isso é importante que a sua história seja relatada. O folheto é acompanhado de materiais de aprendizagem e de ensino pela net. Um terço de todas as crianças da escola primária dinamarquesa receberam o livro, o que vai ajudá-las a saber mais sobre as questões globais e a refletir sobre as suas próprias vidas a partir de outras perspetivas. Os alunos dinamarqueses também podem enviar postais para as crianças que surgem no texto. Nacionalmente, a campanha tem como objectivo inspirar e capacitar as crianças dinamarquesas para agirem como cidadãos globais ativos e para contribuírem para o desenvolvimento sustentável do mundo.

Interessado em saber mais? Aqui pode encontrar um resumo de uma história de ‘A Leitura com rapidez!’ deste ano, escrita por Dorthe Nielsen. Dorthe escreve sobre Adeng, e o seu desafio para permanecer na escola no Sudão do Sul. 

FRANÇA: Fazendo campanha pela educação durante a eleição presidencial de 2017

Durante a eleição francesa de 2017, os colegas da CGE de França da Coalition Education enviaram uma carta aberta a cada candidato a pedir-lhes para se comprometerem com mais ajuda para a educação. Esta é apenas uma parte da sua campanha mais ampla, apelandoa todos osgoverno para que aumentem o financiamento para a educação. Veja o vídeo inovador (em inglês com legendas em francês), que coincide com o lançamento de um novomodelo de smartphone, no qual instam o próximo Presidente da França a que torne uma prioridade o financiamento da educação nos países em desenvolvimento. O vídeo destaca o facto de que menos de 2% do orçamento global atribuído às novas tecnologias seria suficiente para financiar a educação para todas as crianças e jovens do mundo que não frequentam a escola.A sua voz conta - assine aqui a petição!

ITÀLIA: Preparando-se para o G7 e o G20: usando eventos internacionais para destacar a Educação e o ODS4

A 26 e 27 de maio, a Itália vai acolher os líderes do G7. A missão da Presidência italiana é a de'construir os alicerces da confiança renovada’: em primeiro lugar os governos têm a responsabilidade de ouvir os seus cidadãos e de atender às suas expetativas. O G7 produz regularmente relatórios sobre o progresso da implementação dos compromissos assumidos pelos Chefes de Estado durante as reuniões da cimeira. Pela primeira vez, o relatório deste ano pelo Grupo de Trabalho de Responsabilização (Relatório de Progresso de Taormina) será dedicada à educação. A CGE de Itália (GCE Italy) foi convidada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros italiano para ajudar a lançar e a partilhar este relatório.

Antes da cimeira do G20 na Alemanha em 21 de Junho, a coligação italiana vai organizar um encontro separado, em paralelo com o GCAP-Itália (a Coligação Italiana contra a Pobreza) e a CONCORD-Itália (uma plataforma de ONG nacionais), com o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros. O objetivo é que a sociedade civil produza uma análise aprofundada do Relatório de Taormina, que define recomendações sobre como melhor cumprir as metas do ODS4 até 2030.

Os líderes mundiais comprometeram-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, agora é o momento de provarem que estão a fazer progressos. Os cidadãos dos seus países vão ficar atentos.

NOVO MEMBRO! A União dos Estudantes Europeus (ESU) junta-se à CGE

A ESU (European Students' Union) é a organização "guarda-chuva" de 45 Associações Nacionais de Estudantes (NUS) e é a única plataforma de estudantes à escala europeia. A sua missão é a de representar, defender e reforçar os direitos educacionais, democráticas e políticas e sociais dos alunos. A ESU, cujas associações-membro são dirigidas por estudantes e para estudantes, é a porta voz dos jovens de 38 países europeus na CGE, e estamos felizes por recebê-los na nossa rede.

MOLDÁVIA: A educação inclusiva na Moldávia - um passo em frente, dois passos para trás?

Ao longo dos últimos 5 anos, o sistema de ensino na Moldávia sofreu mudanças significativas, incluindo o desenvolvimento de políticas de educação inclusiva. Uma educação que é inclusiva reconhece o direito de todas as crianças, incluindo as que são portadoras de deficiência, ao acesso à educação de qualidade, sem discriminação, em ambientes de aprendizagem adequados. As políticas da Moldávia para 2011-2020 afirmam que todas ascrianças têm o direito de ir à escola mais próxima, garantindo assim que cada escola inclusiva é a melhor maneira de alcançar e ensinar todas as raparigas e rapazes, com ou sem deficiência.

Desde 2014, o Grupo de Trabalho da Educação para Todos da rede de membros da CGE (Working Group for Education For All) tem usado o financiamento do Fundo da Sociedade Civil para a Educação (CSEF) para realizar investigação sobre o impacto da educação inclusiva em várias escolas de todo o país.A equipa entrevistou muitas pessoas, incluindo professores, pais e alunos e fizeram um resumo das barreiras que estão a evitar que sejam implementadas práticas de educação totalmente inclusivas na Moldávia. Tais barreiras incluem a falta de acesso à educação infantil (ou seja, a nível pré-primário) insuficiente formação de professores, falta de consciência de pais e filhos sobre as políticas de educação inclusiva e sobre os seus direitos, falta de infraestrutura local, que faz com que ir à escola seja muito difícil, turmas demasiado grande e orçamento limitado. Os resultados da investigação serão publicados na íntegra em maio de 2017, durante a Semana de Ação Global para a Educação da Moldávi. Ativistas e cidadãos continuarão a acompanhar esta questão e a trabalhar com o governo para garantir que esta política é posta em prática.

 

GCE Spain GAWEESPANHA: Apoiar a educação!

GCE Espanha tem estado muito ocupada preparando-se para a campanha da Semana de Ação Global para a Educação de 2017. Este ano a coligação está a concentrar-se numa campanha pela participação infantil e juvenil e, como sempre, as suas atividades vão envolver estudantes de norte a sul do país. Vários eventos de promoção serão realizados com representantes políticos locais e regionais em mais de 30 cidades espanholas - com milhares de pessoas ‘a apoiar a educação'.  

Aqui pode ser visto um pequeno vídeo (em espanhol), que define os compromissos que o mundo assumiu ao adotar a Agenda Educação 2030 e o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável para a Educação (ODS4). Outros materiais para a Semana de Ação Global da CGE em Espanha estão disponíveis em espanhol, basco, catalão e galego aqui.

 

GCE UKREINO UNIDO: Os Jovens ‘Campeões da Campanha' reúnem-se para ‘Enviar o Meu Amigo Para a Escola’ (Send My Friend to School) 2017

Quase 1.000 escolas do Reino Unido já se inscreveram na campanha Send my friend to school que apela ao governo do Reino Unido a que aumente o investimento em educação em todo omundo. Os líderes mundiais prometeram a cada criança no mundo uma educação de qualidade até 2030, mas uma peça chave do quebra-cabeça não está no lugar - o dinheiro para pagar a educação. Isto já fez com que 263 milhões de crianças e jovens não frequentem a escola, e muitos dos que estão na escola não estão a aprender devido à falta de recursos e professores. Segundo as projeções atuais, a comunidade internacional não vai cumprir a sua promessa da educação de qualidade para as crianças do mundo, pelo menos até 2084 - mais de 50 anos de atraso. As crianças são apenas crianças uma vez e estamos em risco de deixar toda uma geração para trás. Para sublinhar esta situação os jovens em todo o Reino Unido estão a criar quebra-cabeças em papel para mostrar que a educação é a peça que falta do puzzle, decorando-os com elementos gráficos referentes a uma educação de qualidade, e estão a apresentá-los aos seus deputados a nível local. As crianças vão pedir aos seus deputados que façam chegar a mensagem ao governo do Reino Unido no sentido de aumentar o investimento na educação através de um compromisso ambicioso para com a Parceria Global para a Educação. ‘Enviar o Meu Amigo Para a Escola’ criou um enorme conjunto de interessantes recursos de ensino para levar a campanha para a sala de aula, incluindo dossiers para os professores, filmes, estudos de caso e folhas de atividades. Para obter mais informações, ou se quiser receber os materiais de campanha para os adaptar ao seu contexto, por favor envie um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.   

20 Campeões da Campanha e 10 professores de todo o Reino Unido também se reuniram num evento de campanha em ambiente residencial para formação e repleto de ação. A campanha dos Campeões, com idades entre 13-15, participou numa ampla gama de atividades de formação desde formação para falar em público, mapeamento da comunidade, simulações de ações de pressão, criações fotográficas para publicidade, planeamento de campanhas e formação em meios de comunicação, assim como aprender mais sobre a questão do financiamento do ensino no geral. Os jovens terminaram fortalecidos e animados por serem campeões do projeto ‘Enviar o Meu Amigo Para a Escola’ e prontos para desempenhar um papel central na campanha ‘Missing Piece’ (A peça que falta) deste ano. Para se manter atualizado(a) ao longo de 2017, visite este espaço frequentemente!  

ESTADOS UNIDOS: Cidadãos a fazer avançar a educação global

Após a apresentação do orçamento do governo do presidente Trump pedindo um corte de 31% para o orçamento dos Assuntos Internacionais no início de março, a Campanha Global pela Educação - US (GCE-US) lançou dois alertas de ação e planeou uma ação em que as pessoas podem participar enviando aos seus membros do Congresso uma carta defendendo um financiamento sólido para a educação global. Encorajamosa que partilhe este link com pessoas nos Estados Unidos da América a apelar a que ajam com urgência.

Além disso, a coligação continuou a lutar pela aprovação da Lei do Reforço da Responsabilização pela Educação em Desenvolvimento (READ) no Congresso dos EUA. O projeto de lei tem como alvo os 263 milhões de crianças e jovens em todo o mundo que não frequentam a escola atualmente. Fornece diretrizes para criar uma estratégia norte-americana empenhada em melhorar as oportunidades educacionais e em eliminar os obstáculos à frequência escolar e promovendo a conclusão da educação escolar. Em abril, a CGE-US acolhe e promove um dia de defesa e promoção durante a Semana de Ação Global para a Educação no sentido de fazer oposição aos cortes orçamentais propostos e discutir a Lei READ. Os membros do Congresso foram convidados a assinar uma carta de apoio ao financiamento da educação global no próxima orçamento, tendo até agora assinado mais de 90 membros do Congresso. A CGE americana continua a promover ações globais e ações direcionados através das redes social. Por favor, junte-se à discussão em: Twitter:@GCE_US; Instagram:@GCE_US; e Facebook:Facebook.com/campaignforeducationusa

 


 

fotos:

1) Evento no Reichstag, CGE Alemanha. Crédito:Globale Bildungskampagne
2) Adeng emAweil, Sudão do Sul. Crédito:William Vest-Lillesøe, Oxfam IBIS
3) Cartaz SAGE 2017, CGE Espanha. Crédito:Campaña Mundial por la Educación España
4) Campanha ‘Enviar o meu amigo para a escola’. Crédito: CGE Reino Unido