Reconocimiento Al Foro Socioeducativo

Na quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019 teve lugar a XIV edição dos Prémios Nacionais da Qualidade, apresentados durante uma cerimónia que teve lugar no último dia da XI Semana da Qualidade, um evento patrocinado pela União Europeia através do Program de Apoio à Reforma da Administração Pública e a Optimização da Qualidade dos Serviços Públicos (PARAP II).

O Instituto Politécnico Padre Bartolomé Vegh recebeu o Grande Prémio da Qualidade 2018, juntamente com outras vinte instituições dignas de medalhas de ouro, bronze e prata em cerimónia oficial liderada pelos Chefes dos Ministérios de Administração Pública (MAP), o licenciado Sr. Ramón Ventura Camejo; do Departamento de Economia, Planeamento e Desenvolvimento (MEPYD), o Licenciado Sr. Isidoro Santana; do Departamento da Educação, o arquitecto Andrés Navarro Ángel Estévez do Departamento do Ambiente.

No contexto desta celebração, onde pela primeira vez foram reconhecidas treze organizações diferentes – ambos dos sectores público e privado, pelo seu trabalho marcante na promoção e realização dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, o Fórum Socio-Educacional, representado pela Coordenadora Geral Argentina Henríquez e a Coordenadora Técnica Magda Pepén Peguero, foi reconhecido por assegurar uma educação de qualidade e a promoção de oportunidades de aprendizagem para a vida, através do ensino alternativo. O Ministério da Educação da República Dominicana foi a outra instituição reconhecida pelo progresso feito na implementação do ODS4.

Durante a sua intervenção no evento, o Ministro da Administração Pública afirmou que a XI Semana da Qualidade na sua XIV edição, concluiu com a apresentação do Prémio da Qualidade Nacional, que desta vez foi a Semana da Qualidade Ibero-Americana, “o espaço para reflectir sobre os Prémios como estratégia inovadora para modernizar as organizações de maneira a poderem prestar serviços aos cidadãos e atender às suas necessidades e expectativas na Era Digital.”

Ventura Camejo agradeceu também o empenho da Fundação Ibero-Americana para Gestão da Qualidade (FUNDIBEQ) – cujo CEO, Juan Luis Martín Cuesta que, quando dirigiu a palavra à cerimónia agradeceu também ao Instituto Central Americano de Administração Pública (ICAP) e às delegações de Espanha, Portugal, Brasil, Colômbia, Peru, Chile, México, Argentina, Panamá e El Salvador, presentes ao evento.

Feedback dos membros de ESF

María Taveras, directora do Projecto de Leitura de World Vision RD, expressou o seu reconhecimento dizendo: “Penso que enquanto colectivo, estamos a tornar-nos em ponto de referência na área da educação no país, o que espero, seja fundamental a um diálogo com o ministro, pois partilhamos uma vez mais espaços comuns com respeito à advocacia e à supervisão, sendo que ontem foram reconhecidas as nossas contribuições, do Fórum aos ODS.

Da mesma forma, as questões internas têm peso, dado que representam organizações parceiras importantes para nós pelo seu investimento temporal e de apoio, e esperamos que esse reconhecimento motive ainda mais a nossa presença nos eventos realizados e organizados, para darmos a entender que o Fórum é o espaço perfeito para promover o colectivo das nossas organizações que apoiam e exigem educação de qualidade para as crianças do nosso país.”

Cledenin Genarina Veras Díaz, directora da escola educacional de UNIBE, considera este reconhecimento bem merecido por realçar o esforço do grupo e partilhar três ideias fundamentais e significativas:

  1. Reconhecimento da parte do sector educacional pelo valor da sua plataforma e dos seus membros;
  2. Abertura/Disponibilidade das autoridades devido a este reconhecimento com vista a abordar e ouvir as propostas;
  3. Empenho das nossas instituições de modo a continuar com o trabalho apesar de muitas vezes nos sentirmos ‘encravados’.

Laura Calventi, Directora do Portfólio de Gestão da Fundação Inicia, expressou um agradecimento sincero à Coordenadora Técnica Magda Pepén Peguero e ao grupo de coordenação pela sua motivação e muito trabalho nesta causa que nos une a todos. Também, Noris Garabito, do Centro Poveda Cultural disse que este reconhecimento do seu trabalho tenaz foi bem merecido.

Este artigo foi publicado por Foro Socioeducativo

Imagens do Foro Socioeducativo.



Deixe uma resposta