A educação de qualidade, gratuita, inclusiva e fornecida publicamente para todos deve permanecer uma prioridade global!

Educação pública, de qualidade, gratuita e inclusiva para todos deverá manter-se uma prioridade global!

A Campanha Global pela Educação celebra 20 anos de unificação da sociedade civil em torno da defesa do direito a uma educação pública livre, de qualidade e inclusiva para todos.

#CGE20thAnniversary #Together4Education

(#CGE20Anos #JuntosPelaEducação)

Atenção: Todas as Agências de Meios

Para Publicação imediata

Para mais informação e entrevistas você poderá contactar: philani[@]campaignforeducation.org

Lançamento do 20º Aniversário da CGE

03 de Dezembro de 2019, Hotel Mehari, Tunes, Tunísia

18:00-22:00

Por ocasião do seu 20º Aniversário a Campanha Global Pela Educação (CGE) convida os representantes de meios, os membros nacionais e regionais, as organizações internacionais da sociedade civil, as organizações de professores, as associações de pais, os grupos de jovens e estudantes, a academia, as instituições de pesquisa e os defensores do direito à educação a associarem-se por forma a amplificar os sucessos e ganhos obtidos pelo movimento educativo. Esta celebração também representa uma oportunidade para reflectir sobre os desafios e aprofundar e avançar com a  nossa iniciativa colectiva.

“Lembro-me da belíssima tarde em que estava a almoçar com o Secretário Geral da Education International, Fred van Leeuwen e com a Directora da Oxfam Holanda (NOVIB) Sylvia Boren. Perguntámo-nos: enquanto o mundo está reunido em Dacar para falar sobre educação porque não construir um movimento forte que lute pelo direito à educação? Essa conversa resultou na formação da Campanha Global Pela Educação.” – Kailash Satyarthi, Primeiro Presidente da CGE e Prémio Nobel da Paz de  2014.

O Fórum Mundial da Educação em Dacar em 1999 foi um momento de separação de águas. O fórum assinalou a formação de um novo e bem coordenado movimento global em defesa do direito a uma educação pública livre e inclusiva para todos. Um movimento baseado no princípio fundamental que uma forte vontade política pode tornar a educação para todos numa realidade, e que desde então se transformou numa base mundial para organizações, indivíduos e movimentos que trabalham no domínio da educação.

Nos finais de 1999, a Oxfam International, a Education International (EI), a Action Aid International e a Global March Against Child Labour desenvolveram a ideia de uma CGE e apoiaram o estádio inicial da sua formação. Foi através dos esforços louváveis destas organizações que o lançamento da CGE há 20 anos trouxe ao activismo da sociedade civil pela educação uma plataforma única de mobilização que assegura a prossecução de objectivos educativos a nível nacional e internacional assim como a responsabilização de governos pelos seus compromissos.

Ao longo dos anos, a CGE tem desempenhado um papel instrumental na definição de uma agenda do activismo transnacional eficaz e tomou categoricamente a liderança nas iniciativas da campanha salientando a educação para todos. Potenciada pela força dos seus membros, recorrendo a estratégias comuns e inovadoras, ao repertório de acção e mobilização em todos os sectores com os temas educativos, a CGE tem conseguido, de muitas formas, impactar nas políticas de governos e de instituições internacionais. Tudo isto culmina em 2015 quando representantes da sociedade civil oriundos do movimento CGE influenciaram significativamente o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 4, as suas 10 metas e o Quadro  de Acção Educação 2030.  As metas do ODS4 constituem, por consenso, a linha de referência global para mensurar os sucessos alcançados em matéria da educação.

“Quando a CGE foi criada, a campanha pela educação enquanto direito para todos intensificou-se. A coesão da sociedade civil melhorou, os processos de coordenação de financiamento e apoio foram desenvolvidos e as discussões acerca do desenvolvimento da avaliação e dos mecanismos de aprendizagem a todos os níveis começaram a tomar forma. Temos orgulho em dizer que actualmente há uma voz forte para todo o movimento educativo global.” – Refat Sabbah, Presidente da CGE.

A capacidade da CGE influenciar a política foi conseguida através da agregação e expressão das exigências e necessidades das organizações internacionais, das coligações nacionais de educação e dos movimentos regionais, e responsabilizando os respectivos governos a todos os níveis.

Sublinha-se o sucesso da actividade da CGE e dos seus membros em todo o mundo:

  • A primeira Assembleia Mundial da CGE em 2001 encorajou a expansão de coligações nacionais bem como de redes regionais. Hoje a CGE possui mais de 119 membros, 90 dos quais são coligações nacionais de educação, 16 são Organizações Não-governamentais Internacionais (ONGI) enquanto que 13 são redes regionais e organizações lideradas por jovens.
  • As iniciativas da CGE através de organizações da sociedade civil (OSC) de responsabilização dos governos pelo seu papel na educação contribuiu e influenciou a formação da Parcerias Globais pela Educação.
  • Por via da parceria a longo prazo com a Parcerias Globais pela Educação (PGE), principal financiador do Fundo da Sociedade Civil para a Educação (CSEF), as políticas e estratégias de educação nacionais e globais melhoraram extraordinariamente. As ligações com a Campanha Africana em Rede pela Educação para Todos (ANCEFA), Associação Ásia-Pacífico Sul pela Educação Básica e de Adultos (ASPBAE), a Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação (CLADE) e a Campanha Árabe pela Educação para Todos (ACEA) através do CSEF continuam a enriquecer e a fomentar o movimento da CGE.
  • A primeira Semana de Acção Mundial pela Educação (SAME) foi levada a cabo em 2003. Desde então, a GAWE tornou-se um momento galvanizador para os movimentos que actuam pela educação. O tema de 2019 focou-se no ODS4 em torno de “Minha Educação, Meu(s) Direito(s): fazer da educação pública gratuita, inclusiva, equitativa e de qualidade uma realidade.”
  • A Campanha 1GOAL de 2009 mobilizou mais de 18 milhões de assinaturas e aumentou os fundos destinados à educação. Foi feito um forte apelo aos líderes mundiais e participaram mais de 200 personalidades incluindo as estrelas Matt Damon, Shakira, Jessica Alba, John Legend e Sua Majestade a Rainha Rania Al Abdullah, e cidadãos por todo o mundo providenciaram fundos.
  • Depois de intensa actividade de campanha por parte de membros CGE a nível nacional, a conferência de reaprovisionamento da Parceiras Globais pela Educação de 2018 em Dakar assistiu ao fim do declínio do investimento na educação, e reforçou esperança na realização dos objectivos do ODS4 se se realizarem todas as promessas.

“Centenas dos nossos membros juntamente com organizações intergovernamentais como a UNESCO apoiaram e participaram em actividades-chave da CGE e dos movimentos educativos tais como a Semana de Acção Mundial pela Educação.” Camilla Croso ex-Presidente da e Coordenadora da CLADE.

Através do envolvimento da CGE numa miríade de comunidades, redes e coligações e pela execução de campanhas integradas e iniciativas de defesa, o movimento aprendeu que as redes de organizações não-governamentais podem influenciar o desenvolvimento de um mundo mais justo, equitativo e representativo. Os valores e princípios fundamentais da CGE são baseados no facto da educação ser um direito para todos. Os membros da CGE promovem soluções que são estruturais, sistemáticas e sustentáveis por forma a atingir o direito à educação para todos.

Enquanto celebra 20 anos de sucesso, apesar dos obstáculos, a CGE permanece vigilante face às continuadas tendências de enfraquecer a obrigação por parte dos governos de providenciar educação gratuita. A CGE permanece também mobilizada em todo o mundo face aos desafios globais tais como a instabilidade política e conflitos, a repressão política e a diminuição de espaço no envolvimento da sociedade civil, o crescimento da sociedade incivil, em especial das forças socialmente conservadoras; e a distorção da noção de soberania nacional, valorizando a elite mais rica ou dominante e ignorando as necessidades dos cidadãos.

A CGE alcançou na educação o que outros sectores lutam para atingir: unificar as diversas e muitas vezes opostas vozes de todo o mundo em volta do único objectivo de fazer do direito a educação uma realidade para todos.

“Somos um movimento global forte cujo sucesso se pode atribuir ao importante papel desempenhado pelos nossos membros nacionais, redes regionais, organizações internacionais e financiadores. A integração de jovens vozes ao mais alto nível da nossa estrutura de governação assegurará que permaneceremos na vanguarda da luta pela concretização do direito a uma educação pública gratuita, inclusiva e de qualidade para todos.” – Grant Kasowanjete – Coordenador Global da CGE.

O Lançamento do 20º Aniversário 

O Lançamento do 20º Aniversário terá lugar em Tunes no dia 3 de Dezembro no Hotel Mehari durante a Reunião Global da UNESCO de Consulta Colectiva das ONG (CCNGO).

Acerca da Campanha Global Pela Educação

A CGE é um movimento líder da  sociedade civil que promove e defende a educação como um direito humano fundamental. A CGE possui mais de 119 membros, 90 dos quais são coligações nacionais de educação, 16 ONG Internacionais e 13 redes regionais e organizações lideradas por jovens. A CGE pugna pela educação enquanto direito básico. A CGE estabelece a educação como a fundação de todas as formas de desenvolvimento e como catalisador do crescimento. Enquanto organização transnacional a CGE acredita que a educação é fundamental para garantir um crescimento económico sustentável e equitativo, saúde melhorada e desenvolvimento social.



Deixe uma resposta