Declaração da CGE Por ocasião do lançamento do Relatório de Monitorização da Educação Global 2020

Declaração da CGE Por ocasião do lançamento do Relatório de Monitorização da Educação Global 2020
“Inclusão e educação: Todos significa Todos”

A Campanha Global pela Educação congratula-se com o lançamento do Relatório de Monitorização da Educação Global 2020 “Inclusão e educação: Todos significa Todos”. Este relatório é essencial para compreender as causas e os obstáculos estruturais que as nossas sociedades têm que ultrapassar para a concretização do ODS 4 e oferece também uma perspetiva que se aplica a toda a Agenda de Desenvolvimento Sustentável.

A inclusão é o caminho para a concretização de todos os direitos humanos e, portanto, exige melhores e maiores compromissos por parte dos Estados. É condição sine qua non promover mudanças positivas nas sociedades e instituições e transformar a retórica em ações afirmativas e em práticas concretas para chegar àqueles que são excluídos por causa do seu contexto de origem ou pelas suas capacidades.

O Relatório GEM 2020 é uma contribuição fundamental para a compreensão da complexa rede de preconceitos e estereótipos que impedem que milhões de crianças acedam à escola, e que também influencia negativamente toda a experiência escolar, mantendo condições de racismo, xenofobia e outras formas de discriminação e intolerância.

Inclusão em educação exige a garantia de uma educação gratuita de qualidade e a eliminação dos custos diretos e indiretos da educação, bem como o fortalecimento do financiamento público e, principalmente, a melhoria da sensibilidade do orçamento, para que comunidades historicamente excluídas, como pessoas portadoras de deficiência, possam contar com a infraestrutura, professores e acolhimento razoáveis.

Professores formados, qualificados e com bom apoio abrem as portas da diversidade e continuam a ser os melhores parceiros para criar oportunidades para todos, assim, a CGE apela a um diálogo contínuo com os professores quando se tomem decisões sobre políticas de educação inclusiva.

Não devemos receber este relatório apenas como um exercício analítico de alto nível, mas principalmente como um apelo à ação dos governos e da sociedade como um todo. Temos as ferramentas necessárias para mudar um mundo cada vez mais polarizado e excludente, minado por modelos de acumulação, ganância e egoísmo. Devemos trabalhar juntos para criar culturas de solidariedade e justiça.

A educação inclusiva é um meio de desenvolver uma sociedade inclusiva e uma sociedade inclusiva apoia o desenvolvimento de escolas inclusivas. Por este motivo, as mudanças que temos que promover devem estar presentes em todos os aspetos da vida pública e diária. Caso contrário, a igualdade continuará a ser uma estrela solitária num céu vazio.

A Campanha Global pela Educação também acolhe com agrado o lançamento da base de dados online “Base de Dados Desigualdades Mundiais na Educação (WIDE) ”, a nova ferramenta “Scoping Progress in Education” (SCOPE) e a plataforma “Perfis que melhoram as avaliações da educação” (PEER) Em conjunto constituem uma forte estrutura para monitorizar e apoiar os Estados e a sociedade civil, que agradecemos e comemoramos à medida que continuam o processo de desenvolvimento de um sistema educacional inclusivo.



Deixe uma resposta