Incorporar as vozes da juventude para reforçar o activismo

Incorporar as vozes da juventude para reforçar o activismo

Estima-se que metade da população mundial tenha menos de 30 anos. Ainda assim, os jovens são um dos grupos mais marginalizados à escala global. Os jovens lutam pelo acesso à educação: as NU estimam que 142 milhões de jovens em idade do ensino secundário superior não estão escolarizados e as taxas de matrícula no ensino secundário superior são de apenas 14 por cento em países de baixos rendimentos. Os jovens estão em maior risco de desemprego e muitos vivem na pobreza apesar de estarem empregados. A juventude viverá com as consequências das decisões feitas pelas gerações anteriores, porém ainda são excluídos dos processos de tomada decisão e da formulação de políticas educativas desde o nível local ao global.

Entretanto, estudantes e jovens lideram alguns dos movimentos mais progressistas em todo o mundo na luta pela qualidade da educação, sociedades mais justas e direitos humanos. Os jovens e estudantes têm de ser reconhecidos como parceiros iguais e activos no seio do movimento da sociedade civil pela educação. O envolvimento dos jovens é crucial para um mundo sustentável e as vozes dos jovens têm de ser incluídas enquanto co-arquitectos do futuro. As políticas serão fortalecidas pelo encorajamento da participação activa das organizações lideradas por jovens na Campanha Global pela Educação e nos processos de tomada de decisão. Juntos definimos um mundo melhor e mais sustentável pelo acesso igual a uma educação pública livre, inclusiva e de qualidade para todos.

Porquê aderir?

Em Janeiro de 2015, a Assembleia Mundial da Campanha Global pela Educação reconheceu formalmente a necessidade de representar e incluir movimentos liderados por jovens de modo mais formal na sua estrutura. Muitos dos nossos membros já trabalham em parceria com organizações lideradas por jovens e é tempo de lhes dar o lugar que merecem no movimento da sociedade civil pela educação global.

Enquanto jovem ou membro de organização estudantil da CGE, terás a possibilidade de te relacionar, partilhar e trabalhar em conjunto com outros jovens activistas, defensores, estudantes e organizações lideradas por jovens de todo o mundo. Terás a oportunidade de ser ouvido nas discussões internacionais onde os temas relacionados com a educação são debatidos. Enquanto membro da CGE participarás num forte movimento que trabalha para alcançar o ODS4, defendendo para todos o direito a uma educação pública livre, inclusiva e de qualidade.  Juntos podemos fortalecer a voz da juventude a nível mundial!

Há muitas vantagens em se tornar membro da CGE: 

  • A tua organização fará parte de um verdadeiro movimento internacional com membros em 100 países.
  • Terás acesso a uma rede de organizações com a mesma opinião e de profissionais que pugnam pelos mesmos objectivos, com oportunidade para desenvolver competências, partilhar conhecimento e aumentar o impacto do teu trabalho.
  • Ligar-te-ás a outros jovens e a organizações lideradas por estudantes para fortalecer a voz da juventude a nível global e para trabalharmos juntos no sentido de alcançar o nosso plano estratégico 2019-2022.
  • A CGE é liderada pelos seus membros: a forma como a campanha se desenvolve depende de ti!

“Os eventos internacionais de juventude ajudam a compreender as várias soluções existentes em outros países e são uma fonte de inspiração por forma a melhor contribuir na melhoria do sector educativo a nível nacional.’’

Osvaldo, Moçambique

Como tornar-se parte do movimento?

Junta-te à Coligação Nacional pela Educação no teu país

Podes te juntar à coligação nacional CGE do teu país enquanto organização educativa liderada por jovens. Podes confirmar se existe coligação nacional no teu país aqui. Se não existir coligação nacional da sociedade civil educativa no teu país, és bem-vindo a formar uma (sabe mais em como formar e te qualificar enquanto coligação nacional aqui).

Como parte de uma Coligação Nacional pela Educação juntar-te-ás a uma importante rede de jovens e organizações lideradas por estudantes que trabalham a nível nacional, sub-regional, regional e global!

O Grupo da Juventude

Enquanto organização educativa internacional ou regional liderada por jovens poderás imediatamente tornar-te membro do movimento CGE e aderir ao grupo dos jovens que representa a voz jovem da CGE a nível global. Está pronto para te inscreveres? Preenche, por favor, este formulário de inscrição, que será avaliado pelo nosso Conselho de Administração. Em caso de aceitação será emitida uma carta formal de aceitação.

Enquanto membro do Grupo da Juventude da CGE, a tua organização poderá candidatar-se a ser eleita para o Conselho de Administração da CGE como representante do Grupo da Juventude. Para saber mais, dá uma vista de olhos nos nossos Estatutos aqui.

últimas notícias

Enfrentando desastres relacionados ao clima: o papel da juventude e da educação

Enfrentando desastres relacionados ao clima: o papel da juventude e da educação

O Caso do Ciclone IDAI que assolou MoçambiqueMarço de 2019 ficou para a história de Moçambique por motivos negativos. Estima-se ...
Read More
Se queremos um mundo mais justo, temos de proteger os jovens que lutam por ele

Se queremos um mundo mais justo, temos de proteger os jovens que lutam por ele

No dia 12 de Agosto celebra-se o Dia Mundial da Juventude. Um dia que nos pede para parar e reflectir ...
Read More
Fórum de Política de Alto Nível – Um capricho ou uma verificação da realidade?

Fórum de Política de Alto Nível – Um capricho ou uma verificação da realidade?

Entre os dias 8 e 16 de Julho de 2019, tive a oportunidade, na minha qualidade de Presidente da União ...
Read More
youth caucus, youth inclusion, youth activists

Construir um Movimento e Mover Montanhas

Em Novembro de 2018, na 6a Assembleia Mundial da Campanha Global pela Educação (GCE) , em Katmandu, foi convocada a ...
Read More
solomon during the GCE Youth Caucus

A minha experiência na 6ª Assembleia Mundial da GCE: O momento decisivo para a Inclusão

Não me esquecerei daquela quinta-feira à tarde quando recebi uma mensagem de texto da directora do meu antigo empregador, a ...
Read More